.

.

donderdag 27 oktober 2016

EM no jardim?

Não... para nós.

Este mensagem (holandês) da Bélgica, por Frank Anrijs diz (em tradução): "Se o seu solo é inoculado com EM, naquele momento você tem estes organismos importantes que irão melhorar o seu solo e ajudarão suas plantas. Mas eles não têm comida! Estes organismos precisam de material orgânico também, e você tem que entregar isso para eles. Caso contrário, a melhoria do seu solo é mas limitada no tempo. (...) Você nunca deve esquecer-se sobre os conceitos básicos de sua horta, você não pode ignorar algumas etapas. Comece pelo começo: Dê a sua solo o matéria orgânica. Então este EM virá naturalmente, sem ter que fazer alguma coisa!"

Esta mensagem pode ser lida no blog de Frank (em Holandês).


Eu não posso escapar a ideia de que você pode aplicar EM para o jardim novamente e novamente. Se isto é assim, então ele não contribui para uma melhoria estrutural do solo. Os ganhos em EM descansa com EM e não com o solo.

Aqui um estudo (holandês) da Wageningen University, em 2008: 'Eficácia da preparação bactérias de EM (micro-organismos eficazes, ME)', encomendado pela Associação Belga de métodos ecológicos de vida e de cultivo (VELT), que entre outras coisas diz: "....que não existe o efeito positivo detectável da adição de EM. (...) Foi cientificamente comprovado que os solos cultivados organicamente são, eles próprios, já opressiva à doença, em parte, devido a isso, a uma grande diversidade de microrganismos. Por conseguinte, é questionável se a capacidade supressora pode ser melhorada através da adição de micro-organismos cultivados para um solo já muito rico".

Veremos mais desses tipos de produtos para o jardim no futuro. Natureza, biologia e ecologia são um grande negócio. Em última análise, não vai trazer-nos alguma coisa.


*

Stella.


Traduzido de Inglês para Português com Google.
E corrigido, tanto quanto as minhas capacidades permitem. 



Geen opmerkingen:

Een reactie posten